Linfoma Cutâneo de Células T

Os linfomas cutâneos podem ser primários ou secundários. São primários quando tem origem na pele, sem evidencias de que estejam presentes em outros órgãos ou gânglios na ocasião do diagnóstico. São secundários quando apresentam acometimentos de outros locais, simultaneamente ao acometimento da pele.

Os linfomas cutâneos são classificados ainda quanto ao tipo da célula de origem. Podem ser linfomas T, linfomas B, e outros menos comuns.

Linfomas Cutâneos (Primários) de Células T

O termo linfoma cutâneo de células T  (LCCT) representa um grupo variado de neoplasias de células T (linfócitos T) da pele. Essas neoplasias são consideravelmente diferentes quando se trata da manifestação clínica, do aspecto histológico (biópsia) e no prognóstico, que é a evolução da doença.

Os LCCTs se opõem a outro grupo de neoplasias, que são os linfomas cutâneos de células B, ou linfócitos B. Representam cerca de 80% dos casos de linfomas da pele.

Após o diagnóstico estabelecido de LCCT, a classificação do tipo de linfoma deve ser feita, para que cada paciente receba a conduta mais adequada ao seu caso.

Os tipos mais conhecidos dos linfomas T são:

Outros tipos importantes, considerados variantes da Micose Fungóide são:

 

Publicado em L