Pápulas peroladas do pênis

As pápulas peroladas do pênis são estruturas anatômicas totalmente  normais.

São estruturas assintomáticas, ou seja, não causa nenhum tipo de sensação como dor, coceira, ardência ou outras.

Elas podem, no entanto, causar desconforto estético aos pacientes, ou até o momento do seu diagnóstico, podem provocar ansiedade pela dúvida em relação à natureza das lesões.

São pequenas pápulas ovaladas da cor da pele, de 1 a 2mm, que podem ser relatadas, numa linguagem corriqueira, como “bolinhas”. São lesões isoladas umas das outras, porém apresentam uma distribuição linear que pode se estender por toda a circunferência da coroa da glande.

Do ponto de vista histológico, ou seja, quando se estuda essa lesão através da biópsia, elas representam pequenos fibromas (angiofibromas), que são estruturas normais que podem se formar na pele.

Deve ser feito diagnóstico diferencial com doenças infectocontagiosas, como o HPV e o molusco contagioso.

Outro diagnóstico que frequentemente se confunde com as pápulas peroladas do pênis é a glândula sebácea ectópica, também conhecida como Grânulo de Fordyce ou Glândula de Tyson. (Ver informação referente a esse diagnóstico na sessão correspondente)

Não há tratamento específico para essas lesões. É importante que o paciente seja examinado pelo médico para que o diagnóstico correto seja feito e o paciente possa ficar tranquilo.

Publicado em P